Você está aqui:

Aposentado caça tesouros nas areias de Balneário Camboriú

08/12/2014

Aposentado caça tesouros nas areias de Balneário Camboriú.

 

 

O aposentado Luiz Pedro Ecker, de 68 anos, tem um hooby curioso: sempre que pode, busca tesouros escondidos na areia da Praia Central em Balneário Camboriú. Com um detector de metais em mãos, vasculha preciosidades enterradas por acaso. Geralmente, perdidas pelos donos em um banho de mar.

Alianças de ouro e cordões de prata já foram recolhidos por Ecker nos últimos anos. Mas, na maioria das vezes, o metal indicado pelo aparelho é lixo. Tampinhas de garrafas e lacres de latinhas são as campeãs na areia. O aposentado chega a recolher 15 a 20 delas em uma hora de detecção. Também encontra muitos ganchos de barracas, o que o preocupa _ “se está na areia, pode machucar alguém”, diz.…

Eventualmente Ecker encontra um companheiro de caça-tesouros pela praia, mas reconhece que o hobby ainda é novidade
por aqui. O que recolhe, coloca no lixo ou leva para casa.

 

Foto:Marcos Porto
Fonte: Clic RBS
Autor: Dagmara Spautz

Galeria de Imagens